S5 Corporate Response - шаблон joomla Книги
Notícias
  • E-mail

GRIPE 1

 

O Ministério da Saúde inicia hoje (23/3) a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe Influenza H1N1. Nesta primeira etapa, os públicos prioritários são idosos e trabalhadores da saúde. Serão realizadas mais duas etapas em datas e para públicos diferentes, alcançando cerca de 67,6 milhões de pessoas em todo o país. A meta é vacinar, pelo menos, 90% de cada um desses grupos, até o dia 22 de maio.
Em Ponta Grossa a vacina estará disponível em nove escolas municipais, no Parque Ambiental (Container da Saúde), espaço saúde ao lado da UBS Egon Roskamp (Santa Paula) e na Rodoviária, em fluxo semelhante a “drive thru”, ao todo serão 13 pontos de imunização.

MDICOS CORONA

 

Eles estão trabalhando para que você fiquem em casa! Nosso obrigado aos profissionais da saúde.

primeiro caso de corona

 

Atenção

CORONAVÍRUS
Prefeitura divulga primeiro caso da doença em Ponta Grossa

- Paciente esta estável e recebe monitoramento diário da Fundação de Saúde -
A Prefeitura Municipal, através da Fundação de Saúde (FMS), informa que o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs)divulgou o primeiro caso positivo de Coronavírus - Covid -19, em Ponta Grossa. O paciente é de sexo masculino e havia viajado para o exterior.


A vigilância epidemiológica esta monitorando o caso desde o dia 19 de março, realizando contato telefônico diário para obter informações a respeito do quadro do paciente e sobre os contatos domiciliares e próximos. O paciente encontra-se em casa em estado estável.
A FMS esta reforçando a comunicação com o paciente para que o mesmo continue em quarentena/isolamento domiciliar, até que se complete os 14 dias, onde o mesmo não tem a possibilidade de contaminar outras pessoas.

 

Neste momento a PMPG está reforçando as orientações aos funcionários que trabalham diariamente em contato com a população. A FMS tem tomado todas as medidas necessárias de acordo com o protocolo vigente do Ministério da Saúde.

LIMITE COMPRAS 2

 

 

A deputada Mabel Canto sugeriu ao Governo do Estado que implantasse a limitação da venda de produtos nos supermercados. Hoje a Secretaria de Justiça, a APRAS e a Justiça fizeram um acordo para que alguns produtos tenham venda limitada por pessoa nos supermercados. Isso evitará desabastecimento diário de alguns produtos como o álcool em gel e trará mais tranquilidade para os consumidores.

limite de compras

 

A deputada Mabel Canto sugeriu ao Governador Ratinho Junior que determine limitação nas vendas de produtos por pessoa nos supermercados.
“Infelizmente temos visto cenas insensatas de consumidores, em todo o mundo, enchendo seus carrinhos nos mercados com grandes quantidades do mesmo produto. Atitude que não permite acesso desses produtos a outros consumidores. A medida trará mais tranquilidade para todos e evitará desabastecimento diário de alimentos e outros produtos” disse a deputada Mabel.
Na próxima segunda-feira (23) durante a sessão da Assembleia Legislativa, a deputada irá protocolar o requerimento do pedido formalmente.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

fechamento do comercio

 

Novo Decreto ampliando medidas de contenção do coronavírus.

O Governo do Estado do Paraná determinou a suspensão de atividades em shoppings centers, academias e congêneres

isolamento voluntrio

 

ISOLAMENTO VOLUNTÁRIO, PELAS PESSOAS QUE AMAMOS E POR TODOS!

Todos nós temos em nossa família uma pessoa no grupo de risco que precisa ser preservada. Na minha, por exemplo, tenho quatro casos. Meu filho de 2 anos e meu sobrinho de 8 anos que tem problemas respiratórios e minha mãe e minha avó pela idade. Por isso o isolamento voluntário é tão importante e estou com meus filhos em casa, saindo só para para as sessões da Assembleia Legislativa e para o programa de rádio. Minha mãe e avó estão isoladas em suas casas também, assim como meu sobrinho. O isolamento voluntário está sendo recomendado pelo Governo do Estado como forma de conter a propagação do vírus. Essa é uma atitude de amor e solidariedade com aqueles que amamos e também por toda a nossa população, inclusive aqueles que não conhecemos. Quem puder, evite sair de casa e não esqueça de tomar os demais cuidados, principalmente com a higiene. O melhor remédio sempre foi a prevenção.

GUTO SILVA MABEL

 

Na tarde desta terça-feira (17), a deputada Mabel Canto reuniu uma comitiva da saúde, formada pela Diretora Geral do Hospital Regional, Luciane Cabral, o Vice-reitor da UEPG, Everson Krum e o vereador Paulo Balansin para requisitar a implantação de UTIS emergerciais para o Hospital Regional, que é referência para receber os casos de Coronavírus. A comitiva conversou com o Secretario-chefe da Casa Civil, Guto Silva e com o Diretor Geral de Saúde da SESA, Nestor Werner Junior referente os casos suspeitos e a demanda de novas UTIS emergenciais para os Campos Gerais.
 
O Hospital Regional já preparou uma estrutura externa, nos moldes internacionais, para receber os casos de Coronavírus suspeitos na região.
Na oportunidade a deputada continuou as conversas sobre a ampliação física do hospital, levando as plantas baixas referente ao aumento do número de leitos e centro cirúrgico.
 
A deputada também solicitou a liberação rápida dos recursos indicados por ela ao Governo do Estado, para equipar e ampliar a nova Maternidade do Hospital, que tem previsão de abertura no segundo semestre deste ano.

 

mabel policial

 

Visita ao 4 Comando Regional da Polícia Militar Tenente-coronel Edmauro Assunção para tratar de demandas de segurança da região e as ações da PM em relação as medidas de contenção do COVID-19.

pessoal de tibagi

 

Na manhã de hoje (16) a deputada Mabel Canto recebeu no Escritório Regional o pré-candidato do PSC a prefeito em Tibagi, o Butina e o vereador e presidente do PSC em Tibagi, Enio Antunes. 

CESCAGE HOMENAGEM

 

Na manhã deste sábado, a deputada Mabel Canto esteve prestigiando o Dia de Campo do Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais, Cescage.
Na ocasião, Mabel e seu pai Jocelito Canto receberam o diploma Amigo CVM, pelos serviços prestados à comunidade acadêmica e a sociedade em geral, pelas mãos do fundador do Cescage, o Sr. Desembargador Fagundes Cunha.
Após a cerimônia, foram recepcionados em um almoço com professores, colaboradores, o Sr. Desembargador e sua esposa, a Diretora do Cescage, Sra. Erica Fagundes Cunha.

hospital da criana visita

 

Na manhã de ontem (12) a deputada Mabel Canto visitou as instalações do Hospital da Criança em Ponta Grossa.
Na ocasião Mabel conversou com a Direção do hospital sobre os recursos que o mesmo recebe do Estado e sobre as especialidades, visitou as obras que estão sendo realizadas e ficam prontas em abril, conheceu o banco de leite e ao final almoçou com os funcionários do hospital no refeitório.

ICP HOMENAGEM

 

Na noite de ontem (11) a deputada Mabel Canto foi convidada a participar do Culto para Mulheres da Igreja Cristã Presbiteriana.
Foi homenageada também com o Título Mulher Extraordinária, pela dedicação e compromisso com as mulheres pontagrossenses. Agradeço as minhas queridas, Apóstola Olívia Braido e as pastoras Suellen, Kellen e Ellen Braido pela lembrança e carinho.

POLCIA MULHER

 

Na manhã de ontem participei de um café da manhã em comemoração ao Dia Internacional da Mulher na Décima Terceira Subdivisão Policial, a convite das delegadas da cidade.
Foi um momento importante para conversarmos sobre o papel da mulher também no setor policial.
Estavam presentes as delegadas Ana Paula Cunha Carvalho e Tânia Maria Sviercoski Pinto, a vice-prefeita Elizabeth Schimdt, além de policiais civis e funcionárias da 13 SDP.

HOMENAGEM UNOPAR

 

Na noite de ontem (10) recebi uma linda homenagem da Faculdade Unopar, juntamente com as acadêmicas e professoras de Direito, representada pela Professora Christie, pelo Dia Internacional da Mulher, em reconhecimento aos trabalhos realizados como deputada estadual em prol das mulheres. Agradeço a homenagem e reafirmo a minha luta em prol de todas as mulheres paranaenses.

 

 

CADEIO MULHER

 

Ainda em comemoração ao dia Internacional da Mulher, a deputada Mabel Canto visitou hoje as agentes penitenciárias da Cadeia Pública Hildebrando de Souza em Ponta Grossa. Destaco o brilhante serviço prestado, além da coragem destas agentes mulheres, que deixam suas famílias para atender os detentos e detentas. Na oportunidade as Pastoras da Igreja Cristã Presbiteriana, Kellen Braido de Oliveira e Karine, fizeram uma oração pelas agentes e também pelas detentas, que receberam kits de higiene.

AUDIENCIA MULHER

 

Na manhã de hoje (09) foi realizada a Audiência Pública – Mulheres e Cidades Inclusivas no plenarinho da Assembleia Legislativa do Paraná.

 

A deputada Mabel Canto foi uma das proponentes da audiência pública, juntamente com os deputados estaduais Goura e o presidente da ALEP, Ademar Traiano. Participaram também a presidente do CAU/PR, Margareth Menezes, a coordenadora-adjunta da CEG-CAU/PR, Rafaela Weigert, a vereadora de Curitiba, Maria Leticia, entre outras lideranças e pessoas da sociedade civil.


O objetivo do debate foi o incentivo aos municípios paranaenses a promoverem espaços urbanos seguros, igualitários, acessíveis e atrativos para as mulheres e a equidade de gênero nas políticas públicas paranaenses.
Mabel destacou que “São mulheres se preocupando com outras num aspecto fundamental, mas muito pouco difundido, que é a questão urbanística. Trazer mais segurança e adaptar melhor as cidades para as mulheres são assuntos extremamente importantes para a nossa sociedade. ”

auxiliar CURSO

 

No dia internacional da mulher, as alunas do Curso de Cabeleireiro da Garagem Mulher proporcionaram um dia de beleza para as meninas da Casa Terapêutica Rosa Mística. No final a deputada Mabel Canto, as alunas, as Irmãs da Copiosa Redenção e as meninas atendidas se deram um abraço coletivo em sinal da união e apoio entre as mulheres.

PALESTRA CESCAGE

 

Hoje a depuatada Mabel Canto apresentou uma palestra especial sobre mulher na política para as colaboradoras e alunas do Cescage. https://static.xx.fbcdn.net/images/emoji.php/v9/f7f/1/16/1f60a.png");">????https://static.xx.fbcdn.net/images/emoji.php/v9/f6f/1/16/1f337.png");">???? 

VIOLENCIA DOMESTICA RADIO

 

Neste mês estamos fazendo várias ações especiais em prol das mulheres, entre elas os programas de rádio com temas que abordam as questões femininas.


Hoje foi dia de abordar a violência contra mulher e para falar mais sobre o assunto recebemos a Bruna Woinorvski de Miranda que é Assistente social do Tribunal de Justiça do Paraná, lotada no Juizado de Violência doméstica e Familiar contra a Mulher de Ponta Grossa, a professora Maria Cristina que faz parte da NUMAPE e também a Ândra Sasse que já foi vítima de violência contra a mulher.

deputadas projetos

 

A deputada Mabel Canto, em conjunto com as deputadas Cristina Silvestre, Cantora Mara Lima, Luciana Rafagnin e Maria Victoria solicitaram ao Governador Ratinho Jr, através de expediente, a disponibilização do sistema de monitoração eletrônica para vigilância dos agressores de mulheres indiciados nos termos da Lei Maria da Penha.
 
O que se pretende é a disponibilização da Central de Monitoração Eletrônica, bem como das tornozeleiras eletrônicas, para fiscalização, a critério do Poder Judiciário, dos agressores indiciados nos termos da Lei Maria da Penha.
A medida vem para coibir os casos de violência contra a mulher, uma vez que os agressores estarão monitorados com o uso das tornozeleiras, impedindo assim as agressões as mulheres e até mesmo os casos de feminicídio.
 
Tramitam hoje no Congresso Nacional 15 projetos de leis que tratam do mesmo objeto. Porém, segundo as deputadas, não é necessário esperar essa alteração da lei Maria da Penha, pois o Estado do Paraná já tem a estrutura necessária para o uso das tornozeleiras. Outros Estados, como Ceará, São Paulo e também o Distrito Federal já adotam projetos similares.
“Nossa bancada de deputadas tem a plena certeza e confiança de que o governador Ratinho Jr será sensível a nossa solicitação e trabalhará em conjunto com o Poder Judiciário. Esse é um pedido destas deputadas para proteger todas as mulheres paranaenses” frisou a deputada Mabel.
 
 
 
 

ex governadores mabel 1

 

Logo que cheguei a Assembleia me posicionei pelo fim da aposentadoria dos ex-governadores, inclusive assinando emenda para que o corte atingisse os ex-governadores e viúvas que já recebiam. Um privilégio e não um benefício, já que em nenhum momento os ex-governadores tinham contribuído com sequer um real para receber essa “aposentadoria”.


Na época, não atingimos votos suficientes para acabar com esse privilégio, mas tínhamos confiança na decisão do STF que acabou com essa ilegalidade no final do ano. O Governo do Estado informou que a partir de fevereiro irá interromper o pagamento, resultando em uma economia aos cofres públicos paranaenses de R$ 4 milhões.
Dinheiro esse que agora será investido diretamente em prol da nossa população.

vila velha 2 mabel

 

Hoje o Governo do Estado assina contrato de Concessão de Uso do Parque Estadual de Vila Velha para a iniciativa privada.
Durante as discussões sobre essa iniciativa solicitei ao Estado a manutenção dos empregos dos guias e condutores do Parque e também para a reativação do Museu de Paleontologia e Geologia de Vila Velha.


A concessão é necessária para que sejam feitos os investimentos necessários, o que incentivará o turismo de toda nossa região dos Campos Gerais.

 
 
 
 

entrevista 1

 

No inicio da tarde desta segunda-feira (17), a deputada Mabel Canto concedeu entrevista para a TV Assembleia.
Mabel relevou as expectativas para o ano de 2020, um balanço sobre as comissões em que é membro, os projetos de lei que tramitam pelas comissões neste ano, como a cirurgia reparadora pelo SUS para mulheres vitimas de violência e falou também sobre a Lei nº 20.127/2020, a Lei do Parto Adequado.

visita 1

 

Na manhã de hoje (14) a deputada Mabel Canto visitou a Casa de Recuperação Rosa Mística, da Copiosa Redenção.
Recebida pela irmã Fabiane, a deputada foi ouvir algumas demandas e conhecer as instalações da casa que atende 23 mulheres com dependências químicas.
Mabel colocou o projeto Garagem Mulher à disposição para uma eventual parceria com a comunidade.

garagem 1

 

Hoje tivemos mais uma reunião do projeto Garagem Mulher, desta vez, sobre empreendedorismo feminino. Recebemos mulheres empreendedoras que estão à frente do seu próprio negócio. A empresária Indianara Mattar Milleo que nos contou sobre sua história de vida, bem como seu trabalho como a primeira e única mulher Presidente do Clube Ponta Lagoa já na quarta gestão e também sobre sua Indústria de Confecção IIN Moda. Recebemos a Luciene Salto para falar sobre seu trabalho como Presidente na CMEG (Câmara da Mulher Empreendedora e Gestora de PG) e também como Sócia/Diretora da Future Rh.
Estiveram presentes ainda, Janai da De Família PG, Nilceia do Divino Tempero, Ana dos Kitutes da Ana, Orleze do Artesanato da Estação, Fernanda diretora da Mary Kay, Day e Cris da loja Algazarra, Kally e suas alunas do curso de Auxiliar de cabeleireiro, Lucimara que é presidente de associação de moradores do Los Angeles, Lorraine da Mary Kay, Claudia do salão Única, Coach Thais Correia, Priscila Buturi, Doceria da Mari, Renata Berth Store e Keila Avila.
Desejamos muito sucesso a todas e esperamos por mais encontros como este. https://static.xx.fbcdn.net/images/emoji.php/v9/f96/1/16/1f49c.png");">????

fundepar 1

 

Na manhã desta terça-feira (11) a deputada Mabel Canto se reuniu com o Presidente da FUNDEPAR, José Maria Ferreira, para tratar sobre as demandas da região dos Campos Gerais na área da Educação.


Na conversa, o presidente informou que dentro do prazo de 30 dias se dará a ordem de serviço do Colégio Francisco Pires, no Cará-Cará. Também durante a conversa foi tratado sobre o Colégio Iolando Taques Fonseca, a quadra de esportes do Colégio Santa Maria, entre outras indicações do Programa Paraná Mais Cidades.


Em relação ao tramite da construção das salas de aula do Colégio Padre Pedro, se verifica que atualmente o projeto está aguardando liberação da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, desde o ano passado. A substituição das salas de madeira são uma luta da deputada desde o início do mandato para que as crianças possam estudar em novas salas com estrutura e qualidade.

 

fundepar 2

abc 4

 

Deputada Mabel Canto se reuniu com o Secretário Chefe da Casa Civil, Guto Silva, juntamente com o vereador de Ponta Grossa, Paulo Balansin.
Durante a conversa discutiram sobre diversos assuntos relacionados a região dos Campos Gerais.

abc 1

 

Na noite da última quinta-feira a deputada Mabel Canto visitou a cidade de Teixeira Soares. Sua primeira visita juntamente com o líder comunitário Valdecir, foi conhecer as demandas e necessidades da Apae da cidade. A deputada foi recepcionada pela diretora Neli, a secretária Rose e o presidente Jean. Mabel conheceu as instalações e se comprometeu trabalhar em busca de recursos para uma Van e a Cobertura do Pátio.
Logo em seguida, a deputada reuniu-se com o Secretário de Saúde do município, o Sr. Amauri Klossowski, que reivindicou recursos para a saúde da cidade e para a entrega de ofício e pedido de cumprimento da Lei 20.127, a lei do Parto Adequado em Teixeira Soares.
Terminando a visita na cidade, Mabel se reuniu com os vereadores do PSC Marcelo, Maria Luiza, Alvir Tomas e com a vice prefeita Juliana Belinoski, para discutir os rumos do partido em 2020.
 
abc 2
 
abc 3

 

(Lei 20127 de autoria da Deputada Mabel Canto)


A lei passará por regulamentação através da Secretaria de Saúde do Estado do Paraná, MAS JÁ ESTÁ EM VIGOR DESDE O DIA 15/01/2020 EM TODO O ESTADO DO PARANÁ. Entretanto, nossa orientação para as mães que ainda estão nos primeiros trimestres de gravidez é de que levem a lei nas consultas de pré-natal, conversem com os profissionais de saúde, peçam orientações e informações sobre as modalidades de parto, para que assim, tenham uma escolha consciente. Já para as mães que estão próximas do parto, para fazer valer o seu direito, a orientação é também de que conversem com os profissionais de saúde, caso tenha o seu direito negado denunciem aos órgãos competentes.


ESSA LEI É SOBRE O DIREITO DE ESCOLHA, MAS DE UMA ESCOLHA CONSCIENTE.


Essa lei foi apresentada para garantir que os profissionais da área da saúde orientem as gestantes quanto as modalidades de partos e através de um pré-natal informativo as gestantes então possam fazer a sua escolha de forma consciente e assim optar pelo parto normal ou pela cesariana.

O importante é sempre nascer bem.

????Quem está contemplada na lei Parto Adequado?
•Toda mãe que realizou o pré-Natal, que tenha recebido todas as informações e que tenha uma gravidez eletiva (sem risco).

????A partir de qual semana é possível realizar o Parto Adequado?
•Desde que se tenha uma gravidez sem risco, a partir de 39 semanas.

????Em que momento da gestação posso fazer a minha escolha?
•Esta situação depende da regulamentação à Lei n. 19.701/2018, considerando já a alteração trazida pela Lei n. 20.127/2020, a ser editada pela Secretária de Estado de Saúde.

????Como deve proceder para ter seu direito assegurado?
•Conversar com o médico sobre sua escolha, ter a lei em mãos ou em seu celular e demonstrar sua vontade e escolha pelo tipo de parto.
•Comparecer as consultas médicas e submeter- se às avaliações do risco gestacional sempre que mantiver contato com o sistema ou equipe médica de saúde.

????O médico ou o hospital se recusa a atender ao meu direito de escolha pelo Parto Adequado, o que devo fazer?
•Você deve denunciar ao Ministério Público Estadual (link abaixo) ou através do disque-denúncia 181 da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária.
http://www.mppr.mp.br/pagina-7343.html

????Existe alguma penalidade para quem descumprir a LEI DO PARTO ADEQUADO (Lei 20127)?
•Segundo o Art 9° o descumprimento desta Lei para o estabelecimento está sujeito a uma multa no valor de R$ 104.900,00 e aos profissionais de saúde o valor de R$ 10.490,00.

????Analgesia para o parto normal não foi liberada?
•A Lei n. 19.701/2018, mesmo com a alteração trazida pela Lei n. 20.127/2020, não contempla especificamente a analgesia em partos normais.
Contudo, conforme nova redação da Lei contra a violência obstétrica, entende-se por parto adequado o procedimento que promove uma experiência agradável, confortável, tranquila e segura para a mãe e para o bebê, bem como, respeita as opções e a tomada de decisão da parturiente na gestão de sua dor e nas posições escolhidas durante o trabalho de parto.
Sendo assim, é direito da parturiente exigir a analgesia em partos normais, como forma de gestão de sua dor!

????O médico que acompanhou o pré-natal será o mesmo a realizar a cesariana?
•Esta situação depende da regulamentação à Lei n. 19.701/2018, considerando já a alteração trazida pela Lei n. 20.127/2020, a ser editada pela Secretária de Estado de Saúde.

????Como será a adaptação dos estabelecimentos hospitalares para atendimento à Lei n. 19.701/2018, considerando já a alteração trazida pela Lei n. 20.127/2020?
•Compete ao Poder Executivo, por meio da Secretaria de Estado de Saúde, regulamentar os procedimentos inerentes a efetiva aplicabilidade da Lei n. 19.701/2018, alterada pela Lei n. 20.127/2020. As orientações aos profissionais de saúde, melhora nas estruturas hospitalares e programas de conscientização da sociedade acerca dos direitos das gestantes e das parturientes, bem como, o combate à violência obstétrica, inserem-se nas políticas públicas de saúde desenvolvidas pelo Governo Estadual, cuja fiscalização cabe à toda Sociedade, aos Poderes Judiciário e Legislativo. Esta Parlamentar se compromete, no exercício de sua função fiscalizadora, buscar a efetiva aplicação das leis que garantem direitos às mulheres paranaenses.

????Quem são os responsáveis pela fiscalização quanto à aplicabilidade da Lei n. 19.701/2018, alterada pela Lei n. 20.127/2020?
•As denúncias pelo descumprimento desta Lei podem ser feitas nas ouvidorias da Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social ou da Secretaria de Estado da Saúde, no Ministério Público Estadual ou através do disque-denúncia 181 da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária.
Em casos de urgência, sugere-se que a gestante ou seus familiares procurem um Advogado, a Defensoria Pública ou Ministério Público de seu município para que possam ser tomadas as medidas judiciais necessárias para garantir o seu direito de escolha.

????Em situações que a gestante tenha optado, durante o pré-natal, pela realização do parto normal, mas no momento do parto, não apresente condições para conceber de forma natural, é possível que a parturiente opte pela realização de cesariana?
•Esta situação depende da regulamentação à Lei n. 19.701/2018, considerando já a alteração trazida pela Lei n. 20.127/2020, a ser editada pela Secretária de Estado de Saúde.
Contudo, conforme nova redação da Lei contra a violência obstétrica, entende-se por parte adequado o procedimento que promove uma experiência agradável, confortável, tranquila e segura para a mãe e para o bebê, bem como, respeita as opções e a tomada de decisão da parturiente na gestão de sua dor e nas posições escolhidas durante o trabalho de parto.
Sendo assim, é direito da parturiente exigir a alteração da modalidade do parto a ser realizado, atendidos os requisitos clínicos de modo a garantir a sua segurança e a do nascituro!

????Em casos de mães que não tiveram seu direito de escolha preservado, não sendo lhe ofertado qual a modalidade de parto a qual desejavam se submeter?
•Infelizmente a alteração trazida pela Lei n. 20.127/2020 não tem efeito retroativo, ou seja, não se aplica em situação anteriores à 15 de janeiro de 2020.
Porém, a Lei n. 19.701/18 já estava em vigor desde 20 de novembro de 2018!
Então se a mãe que se considere vítima de violência obstétrica, como qualquer ação ou omissão dos profissionais de saúde que tenha lhe causado lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico, deve buscar a reparação do dano sofrido na Justiça.

????LEMBRE-SE:
• Toda mãe tem direito a um acompanhante durante o parto e nos períodos pré-parto e pós-parto.
????Faça valer o seu direito mãe paranaense!

IMPRIMA AQUI

 

Altera a Lei nº 19.701, de 20 de novembro de 2018, que dispõe sobre a violência obstétrica, sobre direitos da gestante e da parturiente e revoga a Lei nº 19.207, de 1º de novembro de 2017, que trata da implantação de medidas de informação e proteção à gestante e à parturiente contra a violência obstétrica.


A Assembleia Legislativa do Estado do Paraná decretou e eu sanciono a seguinte lei:


Art. 1º Altera o inciso VII do art. 3º da Lei nº 19.701 , de 20 de novembro de 2018, que passa a vigorar com a seguinte redação:


VII - o parto adequado, respeitadas as fases biológica e psicológica do nascimento, garantindo que a gestante participe do processo de decisão acerca de qual modalidade de parto atende melhor às suas convicções, aos seus valores e às suas crenças;


Art. 2 º Acresce os §§ 1º, 2º, 3º e 4º ao art. 3º da Lei nº 19.701, de 2018, com a seguinte redação:


§ 1º O parto adequado mencionado no inciso VII deste artigo é aquele que:
I - promove uma experiência agradável, confortável, tranquila e segura para a mãe e para o bebê;
II - garante à parturiente o direito a ter um acompanhante durante o parto e nos períodos pré-parto e pós-parto;
III - respeita as opções e a tomada de decisão da parturiente na gestão de sua dor e nas posições escolhidas durante o trabalho de parto.(NR)


§ 2º Nas situações eletivas, é direito da gestante optar pela realização de cesariana, desde que tenha recebido todas as informações de forma pormenorizada sobre o parto vaginal e cesariana, seus respectivos benefícios e riscos, e tenha se submetido às avaliações de risco gestacional durante o pré-natal, na forma do inciso I deste artigo.


§ 3º A decisão tomada pela gestante deve ser registrada em termo de consentimento livre e esclarecido, elaborado em linguagem de fácil compreensão, de modo a atender as características do parto adequado.


§ 4º Para garantir a segurança do feto, a cesariana a pedido da gestante, nas situações de risco habitual, somente poderá ser realizada a partir da 39ª semana de gestação, devendo o registro em prontuário.


Art. 3 º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.


Palácio do Governo, em 15 de janeiro de 2020.
Carlos Massa Ratinho Junior
Governador do Estado
Carlos Alberto Gebrim Preto
Secretário de Estado da Saúde
Guto Silva
Chefe da Casa Civil
Mabel Canto
Deputada Estadual

visita comunidade 2

 

Na manhã de hoje a deputada Mabel Canto esteve visitando a Comunidade Terapêutica Mais Amor. A comunidade que sobrevive de doações fica localizada no Cerradinho na chácara Leocádio.
A deputada foi recepcionada pelo direitor da casa, o Sr. Odilton Castelo.
A casa atende de forma particular e social para cerca de 30 acolhidos, a maioria pelo social.

 

visita comunidade 3

visita palmeira 1

 

Iniciando uma semana de muito trabalho, a deputada Mabel Canto esteve visitando a cidade de Palmeira, na região dos Campos Gerais nesta segunda-feira (27).
Almoçou no restaurante do Júlio com lideranças e concedeu entrevista ao Adelar da Rede Clima TV.
Logo após, Mabel foi recebida pela presidente da Associação Comercial de Palmeira Telma Albach Margraf.
Ainda na cidade aproveitou para visitar o colégio Amadeu Mário Margraf, o qual indicou R$70.000,00 reais para a compra de um kit informática. Concluindo a visita na cidade, a deputada continuou sua série de visitas a hospitais, maternidades e secretarias de saúde, entregando ofício na Secretaria Municipal de Saúde de Palmeira pedindo o cumprimento da lei 20.127, a lei do Parto Adequado, para que as gestantes da cidade possam ter seu direito assegurado.

 

visita palmeira 3

visita em imbituva

 

No dia de ontem a deputada Mabel Canto esteve visitando o município de Imbituva, região dos Campos Gerais. Durante sua visita a Secretária de Saúde, Lisiane Moleta e a Dra Gisele entregou ofício para conhecimento da Lei 20127, a lei do Parto Adequado. Na cidade de Imbituva não são realizados partos, as gestantes são encaminhadas até Irati. A ideia da visita é para que com o conhecimento da lei, os profissionais de saúde, apliquem as informações durante o pré-natal.
Logo após, a pedido do radialista Robson, a deputada visitou a Vila Zezo, que está com construções de casas da Cohapar atrasadas.
Em seguida se reuniu com lideranças do município, entre eles a vereadora Mari e os vereadores Hélio, Montanha e Zaqueu, na residência de seu amigo Zico para discutir as próximas eleições.

visita no aeromedico

 

Você acredita em anjos e heróis?
Hoje visitei o Serviço Aeromédico do Samu em Ponta Grossa. Fui recebida pelo Capitão Rodrigo, o Enfermeiro Paulo, também pelo Dr Sidnei (médico) e o Soldado Conrado. Esse é um serviço que atendeu só no ano passado cerca de 350 atendimentos, sendo que a metade desses atendimentos mais ou menos é de crianças/neonatos. Esses números significam uma média de 1 atendimento por dia, mas me contaram que já chegaram a atender até 7 ocorrências no dia.
Em nome de toda nossa população recebam o nosso MUITO OBRIGADO! Anjos existem, voam e salvam vidas, parabéns pelo trabalho que vocês desenvolvem. Continuarei trabalhando e lutando pela estrutura desse serviço tão fundamental para a população.

visita castro 1

 

Na manhã desta quinta-feira (23) a deputada Mabel Canto esteve visitando o município de Castro, na região dos Campos Gerais, acompanhada do prefeito Moacyr Fadel e do vereador Gerson Sútil.
Mabel aproveitou para conhecer as demandas do município sobre a saúde e também conhecer o Hospital Cruz Vermelha, onde foi recebida pela diretora Eliana Fortunato. Na ocasião, a deputada entregou ofício solicitando a aplicabilidade da Lei 20127, a lei do Parto Adequado para que as gestantes da cidade de Castro e região também possam fazer sua escolha consciente da via de parto.

 

visita castro 2

visita regional 1

 

Na manhã desta terça-feira (21), a deputada Mabel Canto – PSC iniciou a fiscalização da aplicação da Lei do Parto Adequado nos hospitais do Paraná. Junto com vereador Paulo Balansin - PODEMOS, reuniram-se com diretores e corpo clínico do Hospital Regional dos Campos Gerais para apresentar a Lei Estadual nº 20.127, sancionada pelo governador no dia 15 de Janeiro, para solicitar a garantia da gestante e da parturiente à escolha da via de parto.
Participaram do encontro o Reitor da UEPG Miguel Sanches e o Vice-Reitor Everson Krun e informaram a deputada que o Hospital Regional já está se adaptando para receber a demanda que será gerada pela nova legislação.
“Foi o primeiro hospital que visitamos porque em 2019 garantimos recursos em torno 2,5 milhões para a compra de equipamentos para a nova maternidade e também porque atende a maioria dos partos da nossa região, mas a partir de agora vamos fiscalizar a aplicabilidade da Lei e a sua rápida regulamentação pela Secretaria de Estado da Saúde. ” Afirma Mabel.

LEI 1

 

Agora é lei no Paraná!! Todas as gestantes poderão escolher sua via de parto no SUS ou particular.

No dia 17/01/2020 foi sancionada e publicada pelo Governador do Estado, a lei 20127 da deputada Mabel Canto, que altera a lei de combate a violência obstétrica e dá o direito à todas as gestantes do Paraná escolher sua via de parto, seja ele normal ou cesáreo.
Agradecemos o apoio do presidente do Centro Fetal Batel, médico José Jacyr Leal Júnior e também da Dra Cristiane Schneckenberg; ao governador do Estado do Paraná, Ratinho Júnior, a todas as deputadas e deputados que votaram a favor do projeto; e também a todas as mulheres e pessoas que apoiaram a nossa causa.

Agora todas as gestantes tem o direito de escolher!

 

Caso tenha dúvidas de como conseguir o seu direito *clique aqui*

AGORA 5

 

Neste primeiro ano de mandato, a deputada Mabel buscou junto ao Governo do Estado a liberação de recursos para a região dos Campos Gerais. Foram 15 milhões de reais que serão repassados em 2020 aos municípios para obras e melhorias em colégios, hospitais, quadras, siate, viaturas, ambulâncias, postos de saúde, entre outras demandas. Compromisso de deputada com a nossa região. Muito trabalho por todo o povo do Paraná.

AGORA 4

 

A deputada Mabel indicou ao Governo do Estado, neste primeiro ano de mandato, recursos na área do Esporte e da Segurança Pública para os Campos Gerais. Importante destacar a luta da deputada pelo IML e Instituto de Criminalística da região, com a reforma do muro que interditou as instalações dos órgãos. Infelizmente parece que tem gente trabalhando contra, mas continuaremos nossa luta!

AGORA 3

 

Prestação de Contas: a deputada Mabel trabalhou muito pela Educação neste primeiro ano de mandato. Além de visitar inúmeras escolas e colégios da região, a deputada trouxe o Secretário de Estado da Educação Renato Feder e o presidente da Fundepar José Maria Ferreira para ver pessoalmente alguns colégios de Ponta Grossa, e indicou ao Governo do Estado inúmeras reivindicações dos municípios dos Campos Gerais nesta área. Necessário destacar que nesta semana a empresa Empresa Varpec Engenharia foi a vencedora da licitação para retomar as obras do Colégio Francisco Pires no Cara Cara. Luta e trabalho da deputada Mabel pelos alunos daquela região.

AGORA 2

 

Prestação de Contas: a deputada Mabel trabalhou muito neste primeiro ano pela área da saúde. Além da aprovação do projeto do Parto Adequado, também indicou ao Governo do Estado inúmeras reivindicações dos municípios, destacando a conquista de todo o mobiliário e equipamentos para a nova Maternidade do Hospital Regional de Ponta Grossa, no valor de 2,5 milhões de reais, que irá beneficiar gestantes de toda a região dos Campos Gerais. Compromisso e trabalho pela saúde de todos os paranaenses.

AGORA 1

 

Conforme prometido na campanha, a deputada Mabel Canto utilizou menos da metade dos valores das verbas de ressarcimento e de cargos de comissão durante seu primeiro ano na Assembleia Legislativa. Ainda destinou, mensalmente, metade do valor de seu salário para 55 instituições da região dos Campos Gerais. Mais de 1 milhão de reais em economia do dinheiro público, respeito ao contribuinte e solidariedade ao nosso povo. Economia que beneficia diretamente a população do Paraná em recursos destinados pelo Governo do Estado e através das doações as entidades.


E tudo isso comprovado através da publicação das notas fiscais e recibos em seu site. Transparência, austeridade e muito trabalho pelo povo do Paraná.

prestao 1

 

A deputada Mabel Canto apresentou em seu primeiro ano de mandato 4 projetos de lei em prol das mulheres paranaenses. O projeto do Parto Adequado, que garante a todas as gestantes e parturientes o direito de escolha a via de parto, já foi aprovado pela Assembleia e espera sanção do governador. Os demais estão tramitando. Isso é trabalho por todas as nossas mulheres da nossa primeira deputada estadual mulher de Ponta Grossa e dos Campos Gerais!

dia 0912

 

Uma conquista da deputada Mabel Canto para todas as mulheres do Paraná!

 

Hoje o projeto de lei Parto Adequado foi aprovado em 2° discussão pela Assembleia Legislativa do Paraná e agora segue para sanção do Governador.
A lei irá garantir que as gestantes do SUS tenham o direito de escolha sobre qual via de parto seguir, normal ou cesáreo.

 

Agradecemos o apoio do presidente do Centro Fetal Batel, médico José Jacyr Leal Júnior, e da Dra Cristiane Schneckenberg.

IMBITUVA 2

 

Hoje a deputada Mabel Canto esteve em Imbituva, onde visitou junto da coordenadora Joceli Schneider, as instalações da UNIBEM. A entidade faz um grande trabalho em contraturno social para crianças carentes.


Logo após, o coordenador do Pronto Atendimento de Imbituva, José Valdenei Menon, mostrou a estrutura do local, que receberá por intermédio da deputada um novo equipamento de raio x. Acompanharam as visitas o líder comunitário Zico, o vereador Robson Montanha e o radialista Robson Correia.

Ainda em Imbituva, aconteceu o curso de Cidadania e Politica que é aplicado pelo Edson Gomes.

 

IMBITUVA 1

adequado 3

 

Projeto de Lei da deputada de Ponta Grossa, Mabel Canto (PSC), permite que mulheres atendidas pelo SUS possam escolher entre parto normal e cesárea.

 

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) aprovou, em primeira discussão, o Projeto de Lei 161/2019, da deputada estadual Mabel Canto (PSC). A proposta garante o direito de escolha sobre o parto às gestantes atendidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no estado. Atualmente, apenas mulheres atendidas por hospitais particulares podem escolher a cesárea. Na rede pública, a legislação contra a violência obstétrica permite que o parto cirúrgico seja feito somente em casos de emergência.


Com o projeto de Mabel Canto, as mulheres terão direito a um "parto adequado, respeitado o poder de escolha da gestante ou parturiente acerca de qual modalidade de parto atende melhor às suas convicções, aos seus valores e às suas crenças". A lei também exige que, antes da escolha, a gestante deverá receber todas informações sobre benefícios e riscos dos partos 'normais' e cesáreas.

adequado 2

 

adequado 1

 

O presidente do Centro Fetal Batel, médico José Jacyr Leal Júnior, esteve na Assembleia antes da votação para falar com os deputados sobre a violência obstétrica e os direitos das gestantes. Um grupo de mulheres de Ponta Grossa, favoráveis à mudança na legislação, acompanhou a votação e comemorou o resultado. Foram 45 votos a favor e uma abstenção. Nenhum deputado votou contra o projeto.


Para virar lei, o PL de Mabel Canto precisa ser aprovado em segunda discussão e sancionado pelo governador Ratinho Júnior (PSD).

 

 

iolandor

 

Desde o início do mandato a deputada Mabel Canto vem fazendo reivindicações para os colégios da região. Hoje o Governo do Estado através do presidente da Fundepar, José Maria, liberou a data da licitação do colégio Francisco Pires para a retomada das obras que estavam interrompidas, marcada para o dia 26 de dezembro. O colégio estava com as obras interrompidas por conta da operação Quadro Negro.

iml post

 

No próximo dia 16 de novembro, em Curitiba, acontecerá a abertura dos envelopes da terceira licitação para a reforma do muro do IML de Ponta Grossa.
Esta é uma reivindicação da deputada Mabel Canto, que desde do início do seu mandato, busca melhorias nas condições do IML e do Instituto de Criminalística da região. Com a reforma do muro a ideia é o Instituto de Criminalística retornar ao seu prédio de origem, e também se evitar uma tragédia, pois o muro pode desabar a qualquer momento e atingir casas, comércios, uma igreja e até um local onde se promove eventos infantis.
A deputada levou a situação à Secretária de Segurança Pública do Estado, no início do ano e reforçou o pedido ao novo secretário Coronel Rômulo Marinho, que se dispôs a visitar o local e agilizar o processo de licitação da reforma, que já teve duas licitações desertas.

trincheira 2

 

Obra do Los Angeles
Fiscalização da deputada Mabel Canto gera inquérito no Ministério Público.

 

O Ministério Público do Paraná, através da 12ª Promotoria de Ponta Grossa, instaurou Inquérito Cível, para apurar irregularidades cometidas na obra da Trincheira do Los Angeles. O Promotor de Justiça Marcio Pinheiro Dantas Motta deu início ao procedimento administrativo no último dia 04 de novembro.


O inquérito Civil visa entre outros fins, colher evidências, provas e eventuais responsáveis das irregularidades cometidas durante a obra para serem levadas à Justiça, por meio da ação civil pública.

CURSO DE FORMAÇÃO

CIDADANIA E POLÍTICA

Carga Horária: 9 horas

Datas: 22/11, 29/11 e 06/12

Horário: das 19h às 22h

Vagas: 35

Coffee Break, Apostila e Certificado

Local: Garagem da Esperança - Rua XV de Novembro, 439 - Centro - Ponta Grossa

Valor Simbólico: 1 Panetone

 

CONTEÚDO

 

Dia 22/11 - sexta-feira – das 19h às 22h

O vereador – história e função

Quem tem vocação para política

Que são ideologias

Esquerda e Direita

Da Ética e da Moral nascem as leis

Conheça-te a ti mesmo

Espírito de liderança

O que é Carisma

Conhecendo seus eleitores

Como calcular o Quociente Eleitoral

Dia 29/11 - sexta-feira – das 19h às 22h

O marketing na política

As técnicas de Marketing Político

Criando a sua marca

Como escolher Nome – Número - Slogan

Como divulgar seu nome antes da campanha

Como usar as Redes Sociais –Facebook/Instagran/WhatsApp

A Legislação eleitoral

A Propaganda Eleitoral

Propaganda Eleitoral Antecipada

 

Dia 06/12 - sexta-feira – das 19h às 22h

Como o eleitor escolhe seu candidato

Como obter a estrutura para sua campanha

Como fazer sua Campanha eleitoral

As Fases da Campanha

A Coordenação da Campanha

A Campanha Tradicional

A Campanha nas redes sociais

Formação do seu Grupo político

 

      FAÇA SUA INSCRIÇÃO

Assembleia Legislativa do Paraná

Rua Praça Nossa Senhora de Salete, s/n - Curitiba - PR
Gabinete 202 - Segundo Andar - ALEP
Horário de Atendimento: De segunda a sexta-feira das 9h às 18h
Fone: 41 3350-4224
 
 

 

Escritório de Representação - Ponta Grossa

Rua XV de Novembro, 439 - Sala B
Antigas instalações da Rádio Difusora
Horário de Atendimento: De segunda a sexta-feira das 9h às 18h
Fone: 42 3323-2045
Plantão: 42 9 8415-4875 Celular/WhatsApp
 
 
 
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.